Iniciação Tecnológica e Científica | Faculdade UCL

Iniciação Tecnológica e Científica

 monitor

De 2009 até o momento, a UCL concedeu com recursos próprios, cerca 250 bolsas de Monitoria e Iniciação Tecnológica, onde os alunos agraciados e que desenvolvem suas atividade em laboratórios tem a oportunidade de aprender técnicas e metodologias de pesquisa, a receber estímulo ao pensamento tecnológico além do desenvolvimento da criatividade. A lista completa de alunos agraciados com estas modalidades de bolsa pode ser vista no Anexo 2. Esta é uma prática comum na UCL e os alunos mais qualificados são selecionados semestralmente para ajudarem os professores nas disciplinas nas quais são monitores e para trabalhar com desenvolvimento e inovação, no caso de Iniciação Tecnológica.

Como uma forma de incentivar alunos e professores a desenvolverem a pesquisa científica na UCL, a Iniciação Científica tem uma atenção especial nesta Instituição. Normalmente, como acontece na maioria das Instituições convencionais, a Iniciação Científica acontece como um apoio a pesquisas em andamento, onde o aluno é inserido em um grupo de pesquisa e o orientador já tem uma linha definida. Pelo fato da UCL ainda ser uma Instituição jovem e, devido à dificuldade de uma Instituição de Ensino Superior Privada e sem fins lucrativos tem para desenvolver pesquisa, a UCL tem adotado uma estratégia um pouco diferente:

Se houver algum grupo estabelecido realizando pesquisa, este grupo é incentivado a requerer bolsas para alunos de IC, de preferência de órgãos de fomento externos, já que não é justo que a maioria dos outros alunos, não beneficiados, paguem pela bolsa de um privilegiado. Se não houver demanda destes grupos estabelecidos, que estas demandas venham de professores que queiram iniciar seus grupos ou pesquisa. Neste caso, há uma relação direta do aluno com o professor orientador e há a possibilidade da pesquisa ter continuidade, pois forma massa crítica para início.

Esta estratégia têm funcionado e a quantidade de trabalhos de IC que aconteceram na UCL vêm aumentando ano após ano, como pode ser visto na lista de Projetos disponível no Anexo 3.

Atualmente, a maioria das bolsas de IC que a UCL obtêm são provenientes da FAPES, entretanto, já obtivemos bolsas da CAPES, Entidades de classe, como a do Setor de Rochas Ornamentais, também da FINEP e empresas, como a Petrobrás, por exemplo.

Após a apresentação e entrega dos relatórios, os alunos de IC devem apresentar seus trabalhos na Jornada de IC que acontece concomitantemente com a Mostra UCL, em outubro de todo ano. Na figura abaixo, pode-se ver a apresentação dos trabalhos de alguns alunos de IC.

IC-UCL-01
IC-UCL-02