Especialistas apontam o perfil dos profissionais que sobrevivem às crises

Especialistas apontam o perfil dos profissionais que sobrevivem às crises

Banner-site-gerenciamento2

É com imensa satisfação que a Coordenação de Pós-Graduação da Faculdade UCL tem a honra de convidar os alunos e toda a comunidade para a Aula Inaugural do Curso MBA – Gerenciamento de Projetos.

Dia 23 de MAIO de 2015, às 9h

Local: Campus UCL Manguinhos (Rod. ES 010, km 6,5 – Manguinhos, Serra/ES)

Durante a aula será realizada a apresentação da estrutura do curso, da equipe de Coordenação de Pós-Graduação, dos Professores e da infraestrutura da UCL.

Palestra: Miriam Machado
Gerenciamento de Projetos: Caminho para Inteligência Competitiva e Oportunidades do Mercado.

_________________________________________________________________________

Em tempo de crise, os cortes nas empresas são inevitáveis. Para alguns profissionais, entretanto, eles não representam ameaça. Geralmente, na hora de demitir, observa-se o perfil dos funcionários e, na hora de decidir quem sai e quem fica, são mantidos, por exemplo, profissionais que têm bom relacionamento interpessoal, compromisso com o trabalho e, principalmente, aqueles que investem na carreira, mantendo-se sempre em busca de qualificações e cursos de aperfeiçoamento.

O engenheiro e diretor de Marketing da Faculdade UCL, Sandro Lobato, destacou que profissionais que possuem graduação e pós-graduação têm a chance de oferecer à empresa um conhecimento a mais do que aquele funcionário que se limitou à graduação. “Um engenheiro mecânico perde espaço para um engenheiro mecânico que tem, por exemplo, uma especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho e que pode participar, na empresa, de um programa de prevenção de acidentes”, citou.

Para Klinger Barbosa, diretor de pós-graduação da UCL, dois aspectos essenciais são analisados, no momento em que uma empresa precisa optar entre um e outro profissional: o que eles têm e o que estão dispostos a ter.

“Uma pessoa pode ser valorizada pelos talentos e competências que possui, mas vai fazer diferença a disposição dela para se adequar ao que a empresa precisa. O currículo é importante,  mas a capacidade de se movimentar é fundamental, pois o bom profissional, aquele que vai ser mantido em meio à crise, é o que tem consciência de que a formação técnica que ele possui hoje pode ser superada daqui a algum tempo e ele terá que se capacitar novamente”, destacou.

É nesse cenário de mudanças constantes e de demandas renovadas a cada momento que a educação continuada se torna essencial para o bom profissional. “A pós-graduação passa a ser um requisito indispensável no currículo das pessoas. Em um tempo muito curto, um curso de graduação é superado, pois as tecnologias que o estudante aprende mudam rapidamente. É por isso que, daqui para frente, as pessoas vão ter que, repetidamente, ao longo da vida profissional, voltar a estudar. Fazendo não só uma pós-graduação, mas várias”, comentou Klinger.

Em tempo de crise, segundo o diretor da Faculdade UCL, os cursos de pós-graduação também são uma saída para aproveitar as oportunidades que surgem. “Se na área em que a pessoa se formou não há boas chances, as especializações surgem como soluções para se capacitar, em um período mais curto de tempo, e atuar em áreas mais promissoras no momento”, sugeriu.

Às instituições de ensino cabe suprir essa demanda por atualização constante. “Uma boa faculdade é aquela que define os cursos que quer ofertar com base nas demandas do mercado e que está antenada o suficiente para enxergar sempre à frente e se preparar, formando equipe, desenvolvendo conteúdo de qualidade e agilizando as questões burocráticas, para estar pronta para formar determinado tipo de profissional quando o mercado precisar dele. É por isso que a UCL faz esses diagnósticos do mercado, na hora de optar por quais graduações e especializações quer oferecer”, disse Sandro Lobato.