Estudantes apostam na vivência acadêmica para bombar a carreira

Estudantes apostam na vivência acadêmica para bombar a carreira

estagios-UCL

Passar pelo ensino superior ou viver o ensino superior? O que você escolhe?

Aproveitar o dia a dia acadêmico, experimentando atividades e desenvolvendo projetos além da sala de aula, é importante para agregar conhecimento, fazer relacionamento e planejar o futuro profissional. Estudantes da UCL indicados por nossos coordenadores por serem exemplos de engajamento e força de vontade contam por que escolherem vivenciar o dia a dia na faculdade e as oportunidades que surgem fora da sala de aula.

“Estou iniciando o ensino superior, mas tive a oportunidade de participar de um projeto da UCL em uma escola de Vila Velha para desenvolver com as crianças um robô. Quis aproveitar porque acredito que o aprendizado será muito grande. Penso que, se eu buscar conhecimento além da sala de aula, vou ser uma profissional mais completa. Se surgirem outros projetos ao longo do curso e eu tiver disponibilidade, quero participar com certeza. A ideia é aproveitar ao máximo todas as oportunidades, independentemente do período que você está cursando. Os professores sabem das nossas capacidades e das nossas limitações em cada etapa e nos orientam da melhor maneira, em prol do nosso desenvolvimento.”
Débora Rodrigues, aluna do segundo período de Sistemas de Informação

 

“Aproveitei muito a faculdade. Participei de projetos de iniciação científica e desde o segundo período dou monitoria de matemática e pesquisa operacional para os calouros que vão chegando. O tempo que passei na UCL foi muito proveitoso para mim. Descobri, por meio das monitorias, por exemplo, que eu gosto de dar aula. Quero fazer um mestrado para ser professor. Viver o dia a dia da faculdade ajuda a abrir o leque de oportunidades e a enxergar melhor outros caminhos possíveis na carreira. O contato mais frequente com os professores fortalece a rede de contatos e a possibilidade de encontrar boas oportunidades no mercado. Para os que têm tempo, minha dica é que aproveitem a vivência acadêmica.”
Adhemar Malta Lopes Junior, aluno do oitavo período de Administração

 

“No primeiro período do curso participei da minha primeira iniciação científica. No segundo período, comecei a estagiar. Não sei ficar parado e, desde o início, tenho consciência de que preciso ter diferencial, para ter uma carreira promissora. Hoje, saio de casa às 7 horas e volto às 22h30. Estagio no laboratório da UCL e participo de duas iniciações científicas. Essas experiências me colocam em contato com o mercado. Eu percebo que, mesmo ainda sendo estudante, os profissionais da área me levam a sério, veem que eu entendo a linguagem técnica, por exemplo. O meu currículo vai ser muito diferente do currículo de alguém que se limita a frequentar as aulas. Antes de me formar, já tenho expectativa de começar a desenvolver projetos para empresas, graças aos contatos que fiz através dessas atividades que a vivência na UCL me proporcionou.”
Hugo Trigo Motta, aluno do oitavo período de Engenharia de Controle e Automação